"EU NÃO TENHO UMA ALMA.
EU SOU UMA ALMA.
EU TENHO UM CORPO."
C.S. LEWIS

quarta-feira, 16 de março de 2011

Preciso disso, não!


Não quero ser conivente com
tuas idas e vindas
Com tua chegada ou partida, quero não!


Quero amor, sinceridade, alma
e calor, intensidade e
pureza de coração!


Quero ainda amor de verdade
Hipocrisia e maldade,
Deixo-as a um canto do chão


Desejo alegria e felicidade.
Não quero máscaras e falsidade.
Preciso disso não!


Ariadne Cavalcante

Um comentário:

CASSIA disse...

Eu também Ariadne, preciso disso não. Ou tudo ou migalhas não me interessam como dizia Cazuza. Beijos queridona. Esse poema foi na lata, sem rodeios.