"EU NÃO TENHO UMA ALMA.
EU SOU UMA ALMA.
EU TENHO UM CORPO."
C.S. LEWIS

terça-feira, 21 de junho de 2011

No Horizonte...

Não me importa mais o passado
Porque canto agora um canto
Que passa pela garganta,
Ainda que apenas arranhado,
E me desfaço, assim,
de vestes rotas vividas...

Nisso, no horizonte,
vejo nascer um tom verde...
E ecoa-me um  som
que é meu,
somente meu,
Apenas meu...


http://www.recantodasletras.com.br/audios/poesias/41751

2 comentários:

Felipe F Falcao disse...

Belos estes seu poema... Aceite meus sinceros aplausos, por tão bela criatividade poetisa... grande abraço.

LunaDIPRIMO disse...

Felipe ta certinho...aplausos...bjuuu