"EU NÃO TENHO UMA ALMA.
EU SOU UMA ALMA.
EU TENHO UM CORPO."
C.S. LEWIS

terça-feira, 1 de março de 2011

Foi Ontem...


Foi ontem que esses versos
Colidiram com
a minha realidade
Momentânea...

Foi ontem.
Mas agora tenho a impressão
Que já faz tanto tempo...

Ainda assim, insistentes,
Passam, por mim indiferentes
e continuam
Em missão de seguir-te
Por todas as tuas estradas...

15. 02. 11


http://recantodasletras.uol.com.br/audios/poesias/38732



 

Um comentário:

CASSIA disse...

Lindo demais Ariadne, quando o poeta escreve sua alma se expande, a aqui na sua poesia vemos que existem pessoas que marcam nossa vida de maneira absoluta, e o tempo dá-nos a sensação de ser mesmo um lapso que passou e ficou. Beijos querida, bom dia pra ti.