"EU NÃO TENHO UMA ALMA.
EU SOU UMA ALMA.
EU TENHO UM CORPO."
C.S. LEWIS

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Alma de Poeta



Hoje sinto como o poeta sente
uma serenidade dúbia,
Uma calma aparente,
alma afastada de tudo, o
Peito a bater sofregamente

Hoje quero como o poeta quer
Uma solidão cultuada,
Bem vinda madrugada!
Um pensamento na alma...
Quero neste momento tudo,
n’outro já não quero nada

Hoje tenho como o poeta tem
Umas dúvidas, uns receios,
frases mal feitas, contrafeitas
Umas palavras... Segredos que truncam
E alguns versos que não satisfazem nunca...

Um comentário:

Adalberto disse...

Lindas poesias!! Parabéns!! Que Deus te ilumine e mantenha vc com a alma de poeta!! Bjos!!